Loading...

quinta-feira, 25 de junho de 2009

RIP King of Pop


Hoje, dia 25 de junho de 2009 se tornou um dia histórico, devido a uma parada cardíaca morre o maior astro da música pop de todos os tempos, Mr. Michael Jackson...

Bom, pra mim foi um choque. Eu estava com o meu namorado num evento na minha cidade, de repente um amigo nosso dá a notícia. Como ele é meio palhaço cheguei até a pensar que era brincadeira, sei lá...Só me parecia inacreditável ele ter morrido.

Comecei a ficar agoniada por que queria ver tv, procurar notícias na internet e não dava pra fazer isso onde a gente tava... Na verdade eu só acreditei quando eu cheguei em casa e perguntei pra minha mãe...

Resolvi fazer esse post pra prestar uma homenagem ao rei...

Michael com certeza foi uma pessoa "excêntrica", infância difícil, fama muito cedo, muito talento pra esperar, digamos assim rs
Infelizmente por causa disso ele perdeu a maior parte de sua infância, e essa é a explicação mais adequada para sua fixação por crianças, por Peter Pan, por se manter jovem. Ao longo dos anos cada vez mais boatos sobre suposta pedofilia foram aparecendo, acarretanto vários processos também.

Eu seria hipócrita se dissesse que tenho certeza absoluta que ele não cometeu nenhum dos crimes que foi acusado. Sempre tive dúvidas a respeito disso, na verdade ninguém pode afirmar nada, só ele e os supostos envolvidos poderiam saber, acredito claro no oportunismo de algumas pessoas e da mídia, mas enfim esse post não é pra falar disso, mas sim da sua carreira, sua música, sua genialidade.

Michael era uma das poucas lendas vivas da música, o que ele fez não tem tamanho, inovou numa época em que não existia tecnologia pra fazer todos as frescuras que são feitas nas músicas de hoje, dançava como ninguém, fez clipes que eram praticamente produções cinematográficas (Thriller adoro), vendeu milhões de discos( se eu não me engano, Thriller é o álbum mais vendido de todos os tempos), Michael abriu caminho pra muitos que vieram depois dele, não só no pop mas em todos os tipos de música, enfim, foi gênio!

Preciso dizer, nunca fui louca pelo MJ, gosto muito das músicas das antigas, tipo Beat it, Billie Jean, Black or White, e ABC do Jacksons Five que eu amo, mas acho que peguei uma má fase dele por causa minha pouca idade rs, mas sei de sua importância para a música, respeito ele como a inspiração artística que ele é.

Fico muito triste que o mundo tenha perdido um artista como esse...um verdadeiro artista, um ícone, e fico ainda mais triste que ele tenha partido diante de holofotes não por seu talento, pelas várias ações humanitárias que ele fez, mas por boatos incessantes de uma mídia sensacionalista que é uma vergonha para a minha profissão, que acabaram por ofuscá-lo...
Isso é um pouco do que o Michael é pra mim, só tenho a dizer...


Rest in Peace King of Pop

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Filmes

No fim de semana passado vi uns filmes bem legais e que eu queria ver faz um tempão

" O curioso caso de Benjamin Button"

Bom, logo que esse filme saiu ele se tornou "o baphon", muitos elogios, muitas indicações ao Oscar (apesar de ter ganho apenas prêmios técnicos), enfim, se tornou o "it movie", e sinceramente, eu fiquei afim de ver, mas não me esforcei muito rs
Eu já esperava um bom filme, mas assistindo digamos que eu fiquei assim, praticamente hipnotizada! O Brad Pitt tava irreconhecível, parecia mesmo um velhinho de 80 anos, juro!
A história do filme é lindaaa, a fotografia é excepcional, o filme é longo, mas não é cansativo, você consegue acompanhar tudo, entender tudo, nossa! E quando acaba ainda fica aquela sensação de "já?", fiquei pasma! Quando eu tava assistindo não sabia se gostava mais da história ou das tecnicalidades!
A Kate Blanchet tá até bonita nesse filme (isso é um elogio, porque não acho ela bonita at all), a atuação também tá muito boa, apesar de continuar coadjunvante da atuação do Brad e da Taraji Henson (Queenie, mãe adotiva do Benjamin), que eu achei excelente.
O filme deixa de ser só uma história de um amor impossível, e passa a ser a história de uma vida impossível, mas que é contada tão naturalmente que chega a ser acreditável, nos deixa pensando "Como seria rejuvenescer ao invés de envelhecer?"
Apesar dos prêmios técnicos de melhor direção de arte, melhor maquiagem e melhores efeitos especiais terem sido merecidíssimos, acho que "Benjamin Button" merecia outros prêmios também...Se bem que esse ano foi tudo bem acirrado lá no Academy Awards...
Filme lindo, não achei nenhum ponto negativo (e olha que isso é difícil)!

www.benjaminbutton.com

Olha o Brad velhinho aí! Sério, se a gente não soubesse que é ele, nunca iria nem imaginar!



Eu ia escrever sobre mais filmes, mas deixa pra amanhã! Tá muito frio!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Feliz =D

Depois de 7 meses estou de volta!
Bom, de lá pra cá não tem muita coisa que mudou na minha vida, continuo na correria de sempre, agora mais acostumada rs

Minha pausa dessa correria toda tá chegando! Termino essa semana as provas, e se não tiver exames (acho e espero que eu não tenha =P) to de férias XD
Sabe, tô feliz...Feliz no geral com tudo na minha vida! To feliz por ter minhas responsabilidades e ser competente no que faço em qualquer lugar, por ter amigos que me fazem bem, por ter um namorado lindo e super legal, por ter uma melhoramigairmã que eu sei que posso contar, por ter uma boa familia...Às vezes eu reclamo muito da vida (não é sempre que tô nessa aurea de felicidade), claro, é normal, não tenho uma vida perfeita, não tenho tudo que quero, mas na verdade eu acho que essa "vida perfeita" é um mito.

Ninguém é completamente feliz, independente de tudo que seja, ou tenha!

Ontem mesmo eu tava vendo Gossip Gilr (que eu amoooo e quero novatemporadaprajá), e vendo como até mesmo os mais ricos, bonitos, famosos são problemáticos. Claro que GG é só um seriado, mas existe gente assim!Que tem "tudo que uma pessoa poderia querer na vida", mas ao mesmo tempo são sozinhas, atordoadas, e por trás de todo aquele glamour, sorrisos e flashes, pode estar alguém infeliz.

A Blair (minha preferida) por exemplo. A menina é linda, jovem, milionária, namora (va) com o Nate, tem as roupas mais lindas do mundo (sério, AS ROUPAS MAIS LINDAS DO MUNDO), mora numa cobertura em NY, e não é feliz, pelo menos não a maioria do tempo.

Ontem ela disse para a Jenny (ex aspirante a Blair que virou rebelde) : "Você não pode fazer com que as pessoas te amem, mas pode fazer com que elas te temam".
E ela é assim, egoísta, talvez fraca, cheia de defeitos, mas todos ao seu redor a veem (ainda é assim que escreve?) como um ideal...

Bom, não vou mais falar de GG se não eu não paro, escrevo sobre isso em um outro post!

Mas enfim é isso, quero muita coisa pra mim ainda, e acho que vou sempre querer mais, mas to bem com a maneira que as coisas estão acontecendo, vou aproveitando a jornada rsrs

xo xo ;